Progresso

Fila de Carros a espera da Balsa - 30 minutos para travessia do Rio Jacui

Fila de Carros a espera da Balsa - 30 minutos para travessia do Rio Jacuí

O progresso urbano é sem dúvida benéfico para cidades e população, sobre isto ninguém questiona ou critica. As perguntas que surgem é sobre os interesses que envolvem uma grande obra pública – políticos interessados em cargos futuros, ou empresas que serão altamente beneficiadas por esta construção civil.

Depoimentos de moradores das cidades envolvidas no progresso urbano da Região:

Laura Becker Werlang – Auxiliar de Compras, 19 anosreside em São Jerônimo desde que nasceu e desde “sempre” ouviu histórias sobre a ponte que seria construída. “Acredito que a ponte sobre o Rio Jacuí irá facilitar muito o acesso, principalmente a Porto Alegre, porém sei que esta nova empreitada não se dará somente pela facilidade de deslocamento, e sim um novo meio de arrecadação de dinheiro, pois com certeza acho que haverá algum pedágio. É claro que isto depende, não somente das verbas dos municípios em questão, mas também da vontade e interesse dos governantes envolvidos, que deveriam pensar primeiramente na necessidade da população e não nas suas coligações partidárias.”

Diego Miller mora em São Jerônimo e está cansado de pagar peságios para ir até a Capital. “Considero de bom grado para melhor acesso a Porto Alegre. Acho que será muito bom porque estou cansado de pagar R$ 17.30 toda vez que vou a capital. Espero que não tentem obter fins lucrativos.”

Para Renata Souza, moradora de Triunfo mas que trabalha em São Jerônimo e precisa fazer a travessia todos os dias seria muito bom para o desnevolvimento da Região. “No meu ponto de vista é que para o desenvolvimento destes municípios será bem importante a ponte, O desenvolvimento que falo é de emprego, tecnologia, quem sabe a cultura destas pessoas sejam divididas e entre si.”

Cíntia de Quadros Oliveira fala por todos da Região: “A vida de todos só tende a melhorar depois que realmente tivermos a ponte, pois irá facilitar o acesso de todos a estas cidades, sem precisarem se preocupar com horário ou com o tempo. Com certeza este é um passo fundamental para a evolução da região”.

Débora Leonhard Sigaud mora em Charqueadas, e aponta a questão cultural que poderá ser beneficiada em todas as cidades próximas. “Acredito que as mudanças serão significativas para as três cidades, pois existirá a facilidade de “comunicação” e deslocamento entre elas aumentando assim, a geração de empregos, a união em eventos voluntários e outros tipos de acontecimentos, como gincanas, festas, shows…gerando lucros para todas as cidades”.

As espectativas para receber a ponte são imensas, mas nota-se na população uma falta de esperança. É como promessa de político em véspera de eleição. E a população fala que não acredita na obra, mas em geral todos manisfestam o interesse que este projeto saia do papel, para beneficiar diversas áreas: turismo, comércio, transporte.

 

Responses

  1. A ponte não vai melhorar muita coisa,as pessoas não querem melhorias pra si e sim melhorias pro seu bolso.Como diz meu avô:Mexeu no bolso,mexeu com todos.É isso…mas pra fazer algo pra melhorar as suas vidas particulares,essas mesmas pessoas não levantam a bunda do sofá.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: